Banner Lai

Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis


voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Histórico
Seg, 12 de Janeiro de 2009 14:58

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará tem como seus pilares de sustentação a dedicação à preservação da vida e do patrimônio alheio.


Inicialmente denominado de Pelotão de Bombeiros, esta instituição foi criada oficialmente em 08 de agosto de 1925 pela Lei no 2.253, pelo então Governador do Estado, Desembargador José Moreira da Rocha.


Em 01 de janeiro de 1934 começou a funcionar "na Prática" sob o nome de CORPO DE BOMBEIROS DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO, tendo como Comandante o 1° Tenente Francisco das Chagas Nogueira Caminha, com um efetivo de 30 homens, advindos do Corpo de Segurança Pública (hoje Polícia Militar do Ceará) e da Extinta Guarda Civil, os quais tiveram como Instrutor o 2° Tenente Antônio da Cunha, do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal.


Em dezembro de 1934 o efetivo passa para 39 homens, tendo naquele ano sido registrados 21 atendimentos de ocorrências.


Através do Decreto 075 de 14 de agosto de 1935, passou a chamar-se "CORPO DE BOMBEIROS DO CEARÁ", passando a subordinar-se a então "Chefatura de Polícia e Segurança Pública", tendo seu efetivo aumentado para 76 homens.


No início, o Pelotão de Bombeiros era subordinado ao Comando do Regimento Policial do Ceará. Naquela época, não possuía aquartelamento e os homens que compunham o seu efetivo ficavam alojados no Quartel-General da Polícia Militar, onde hoje é o 5o BPM, homens estes que possuíam como objetivo principal combater incêndios em Fortaleza.


Com o transcorrer dos anos a Corporação foi se desenvolvendo até chegar nos dias atuais onde após a desvinculação da Polícia Militar, através da Lei  nº 11.673, de 20 de abril de 1990, que deu autonomia ao Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, procurou cada vez mais buscar o desenvolvimento de suas ações em prol da população do Estado do Ceará.


Através de uma política motivacional para as ações bombeirísticas no sentido de uma cultura de prevenção pró-ativa, buscando acima de tudo conscientizar o cidadão do seu papel cooperativo, deixou de ser uma instituição aquartelada, onde hoje tem como um dos seus principais objetivos, a valorização da vida através da execução de inúmeros projetos sociais.


Projetos estes como: Projeto Bombeiro com Você, Projeto Bombeiro Saúde Sociedade, Projeto PROMIL, Projeto Portas Abertas, Projeto de Apoio aos Portadores de Necessidades Especiais: Deficientes Visuais (1º Código de segurança contra incêndio em braille no Brasil), Salvando com Libras (surdos e mudos), Projeto Surf-Salva, Projeto Formação de Guardas Vidas, Projeto Grupo de Escoteiros João Nogueira Jucá, Projeto Educativo de Literatura de Cordéis, Projeto Somar, Projeto Brigadistas Juvenis, Projeto Escola de Prevenção, Projeto Aleitamento Materno, Projeto Jovem Bombeiro Voluntário, Projeto Programa de Rádio Prevenir é Melhor que Remediar, Projeto Meu Dia de Bombeiro, Projeto Capitão Tocha (revista em quadrinhos), Projeto Bombeiro em Movimento, que  são ações no campo da prevenção que proporcionam a consolidação de fortes elos de agregação da Corporação com a comunidade.


Através de trabalhos desenvolvidos com os projetos sociais, onde visa à capacitação e formação de voluntários na prevenção de acidentes domiciliares e de combate a incêndios, tem se colhido bons resultados, tendo em vista que o apoio do voluntariado multiplica as ações bombeirísticas e prevencionistas, proporcionando um maior e melhor atendimento à população, que de um modo geral ganha com essas iniciativas, reduzindo o tempo resposta ao seu atendimento, minimizando possíveis conseqüências tanto no aspecto humano como no aspecto material.



Atualmente a Corporação possui uma estrutura modernizada em termos de viaturas e equipamentos, visto os vários investimentos para a aquisição de materiais de combate a incêndios, equipamentos de proteção individual, resgate e salvamento, que vem sendo aplicados na corporação, bem como a freqüente capacitação e especialização pela qual passa o seu efetivo, através das diretrizes do Exmo. Sr. Governador do Estado do Ceará Camilo Santana e o apoio do Exmo. Sr. Secretário da Segurança Pública e Defesa Social Delci Carlos Teixeira.


A partir do dia 18 de setembro de 2013, o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará - CBMCE - está sendo Comandado pelo Cel QOBM João Carlos de Araújo Gurgel, tendo como Comandante Adjunto o Cel. QOBM Heraldo Maia Pacheco, contando com um efetivo aproximado de 1.400 homens, distribuídos nas Unidades Militares da capital, interior e região metropolitana.

 

 

Serviços

Agenda - Março 2017

Do Se Te Qu Qu Se Sa
26 27 28 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará - Rua Oto de Alencar, 215 Centro - Cep 60.010-270, Fortaleza/Ce

Fone: (85) 3101.2219

© 2008 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados